KIKI PAIS DE SOUSA – UMA MULHER TRANS À FRENTE DA ÚNICA SAUNA MISTA LGBT

KIKI PAIS DE SOUSA – UMA MULHER TRANS À FRENTE DA ÚNICA SAUNA MISTA LGBT

Kiki Pais de Sousa efectuou em 2015 uma cirurgia de mudança de sexo. A sua força, coragem e determinação levaram-na a ser convidada para partilhar o seu testemunho na primeira série online LGBT portuguesa “Já Melhorou”: “Orgulho-me de ter a força, a coragem e a determinação de concretizar o meu sonho”.

Na série online Kiki fala do seu percurso de vida e explica como tudo já melhorou.
Oriunda de uma família tradicional, Kiki Pais de Sousa diz que a sua família teve o bom senso de a aceitar. “Agradeço aos pais que tive por nunca me condicionarem”. Apenas no Liceu Camões (Lisboa) viveu o período mais complicado da sua vida onde foi vítima de discriminação, bullying e violência verbal: “Eram muito cruéis comigo. Fiquei muitas vezes doente. Tinha medo de ir para o liceu”. Este facto leva Kiki a abandonar os estudos e iniciar a carreira de manequim andrógino no estrangeiro durante vários anos.

Só em 2011, depois de protegida pela lei de identidade de género aprovada em Portugal, Kiki decide avançar com a mudança de identidade. Em 2015, a cirurgia de retribuição sexual surgiu da necessidade de Kiki Pais de Sousa se afirmar plenamente enquanto mulher. A operação cirúrgica demorou 10 horas e foi realizada pela mão do cirurgião plástico Dr. João Décio Ferreira. Ao todo Kiki custeou e submeteu-se a cinco cirurgias efectuadas por diversos médicos.

A nível pessoal a vida de Kiki é marcada pelo apoio da família, em especial da mãe, de 83 anos, que a acompanha incondicionalmente. Agora é a vez de Kiki ajudar inúmeros outros homens “que não tiveram a força e a coragem que eu tive”. À semelhança de Caitlyn Jenner, Kiki Pais de Sousa é um exemplo raro em Portugal de uma pessoa, que na sua geração, assume publicamente a sua transexualidade. “Orgulho-me de ter a força, a coragem e a determinação de concretizar o meu sonho”.

Profissionalmente a Kiki é uma mulher de negócios. Estabeleceu-se por conta própria criando a primeira e única sauna mista LGBT Heterofriendly de Portugal. O espaço SaunApolo 56 abriu portas em 2011 e dispõe de 330 metros quadrados onde o factor higiene é irrepreensível, o ambiente é muito seleccionado e a decoração surpreende. “Tenho tudo de melhor que existe em Portugal” refere a proprietária da sauna.

É a Kiki que faz a gestão de todo o espaço, que é pioneiro e único do género em Portugal aberto aos gays, lésbicas, bissexuais, trans e casais liberais sem discriminação. Kiki justifica a importância de um espaço de lazer sem barramentos por orientação sexual ou identidade de género. A ideia surgiu depois de analisar espaços semelhantes em outras cidades europeias, mas com algumas inovações. Kiki explica que sendo uma pessoa que desde sempre lutou contra a discriminação, quis criar uma sauna mista aberta a todas as pessoas LGBT e Heterossexuais e com múltiplos serviços: bar, sauna, banho turco, cascata, cinema porno, gabinetes privados com TV, quarto escuro, glory holes, sling, balneários colectivos com cacifos, SPA com massagens únicas e tratamentos de estética. Todo um espaço para desfrutar do prazer, sem preconceitos e sem discriminação.

A SaunApolo56 está receptiva à realização de eventos públicos ou privados, como festas de teor erótico, despedidas de solteiros, filmes, sessões fotográficas, lançamento de produtos, serviços ou marcas.

Aceda ao episódio onde a Kiki é entrevistada para a série LGBT “Já Melhorou”: https://youtu.be/H4uBxYW9BSc (9 minutos)

Site SaunApolo56: www.saunapolo56.pt

Filme da SaunApolo 56: https://youtu.be/2ZulmWqLQ38

Para mais informações e pedido de entrevistas:
Kiki Pais de Sousa
[email protected]

Fonte: https://capazes.pt/cronicas/a-historia-de-vida-de-uma-mulher-trans-portuguesa/4/

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION