A boa etiqueta nos Clubes Swinger e Saunas Liberais

Desde que informações sobre eventos swinger e festas sexuais passaram a constar corriqueiramente nos media mainstream, que surgem de vez em quando relatos de más experiências por parte de alguns frequentadores ou iniciantes ao meio liberal.

Desde situações de ofensas verbais a situações mais complicadas, de tudo tem sido visto num meio onde o objectivo final de todos os presentes deveria ser única e exclusivamente a diversão e prazer.

Porque há situações que não se querem repetidas e porque alguns dos nossos leitores podem ainda estar em modo “vanilla” e só muito recentemente equacionaram estilos de vida swinger ou liberais, decidimos assim escrever este artigo sobre as melhores práticas e etiqueta a ter em conta quando se frequenta um clube swinger ou uma Sauna Liberal.

Com as dicas que listamos abaixo, estamos certos que nunca serão corridos de um clube ou Sauna Swinger antes mesmo de deixarem a roupa no cacifo.

1ª Regra: Seja Higiénico!

Parece um dado adquirido, certo? Não, errado. Existem por aí pessoas que saem de casa para irem frequentar festas sexuais sem que antes tenham tido a decência de primeiro tomarem um simples duche.

É importante a higiene, nem que seja apenas passar as partes íntimas por água e refrescá-las com um pouco de pó talco ou desodorizante.

Lembramos que apesar de muitos clubes possuírem balneários, nem todos possuem cabines de duche e espaço SPA como a SaunApolo 56 possui. Independentemente de existirem infraestruturas de duche no espaço liberal que vá frequentar, lembre-se que é de bom tom precaver-se de antemão quanto ao mais essencial, a sua higiene!


2ª Regra: Traga consigo os seus brinquedos, parnefália ou gadgets sexuais!

A maioria dos clubes e saunas Swinger dispensam gratuitamente preservativos pelo espaço. É frequente vê-los amontoados ou em pequenos boiões nos corredores e salas da SaunApolo 56, portanto à partida, partindo do pressuposto que encontrará parceiro para brincar, tudo estará perfeito e passará tempos memoráveis.

Contudo poderá ocorrer o caso de não encontrar parceiro que lhe diga algo ou que acabe por não criar empatia junto dos outros convivas e nesse caso terá de estar preparado para brincar sozinho, com ou sem brinquedos! Porque sejamos francos, de pouco ou nada vale ir a um clube ou sauna liberal se não puder ter prazer, não é?

Assim aconselhamos que leve consigo os seus brinquedos favoritos, sejam eles vibradores, algemas, molas ou plugs anais. É que nunca se sabe quando eles o poderão ajudar numa daquelas noites menos ou pior frequentadas. Mas atenção, não se torne inconveniente para com terceiros. Como uma das nossas regulares convivas da SaunApolo aconselha, “Deverá sempre pedir permissão antes de usar os seus brinquedos em terceiros!

Alguns brinquedos sexuais que pode levar consigo.

Alguns brinquedos sexuais que pode levar.


3ª Regra: Não coloque as expectativas demasiado altas.

Não meta na cabeça que irá assistir a uma orgia do tipo romana ou a uma festa com as lindíssimas mulheres e homens do filme Eyes Wide Shut” de Kubrick. Não crie expectativas baseadas no que vê no cinema, na televisão e muito menos na pornografia online.

O mais certo é que vá encontrar um excelente ambiente, mas com pessoas normais como você, como a vizinha ou a tia da porta do lado, ou mesmo com o “cota” reformado do quarteirão da esquina.

É certo que há eventos temáticos destinados a uma elite de pessoas cheias de bons genes físicos e com toques hollywoodescos, mas o mais certo é que o clube ou sauna que você irá frequentar não sejam esses que você vê nos filmes.


4ª Regra: Deixe o Telemóvel ou Smartphone nos vestiários.

Qualquer dispositivo que possua uma lente e um flash são estritamente proibidos num espaço de entretenimento adulto e as Saunas Liberais e clubes Swinger não são excepção.

A privacidade de todos os participantes tem de estar garantida. Fotografar e partilhar uma cena, mesmo que sem índole sexual ou onde só o próprio esteja envolvido é um absoluto “NÃO!” e assegurará que você seja corrido do estabelecimento em apupos e muita escandaleira.

Telefones e Cameras não são aceites nos clubes de Swing e Saunas Liberais

Telemóveis e Câmeras Proibidos no Swing


5ª Regra: Não queira comer um churrasco com quem vai ou acabou de ter sexo.

Se acabou de ter uma longa e prazerosa sessão de sexo com um desconhecido, não queira correr o erro de querer conhece-lo melhor. O prazer do sexo com desconhecidos começa no anonimato e na sensação de escape que tal proporciona e acaba no momento em que se tornam demasiadamente íntimos.

Não queira dar-se a conhecer muito além do básico. Ninguém estará interessado em saber que escola os seus filhos frequentam ou para onde tende a sua veia politica.

Cinja-se ao básico depois e mesmo antes do sexo, sempre! Como a parte feminina de um dos casais frequentadores da Sauna Liberal “SaunApolo 56” diz, “Haverá alguma coisa mais estranha do que estar a ouvir falar de futebol, totalmente nua e com as partes genitais de estranhos na minha cara?


6ª Regra: Não é Não!

Por fim a mais importante e mais básica de todas as regras, um “Não!” significa mesmo um “Não!”.

Apesar de as Saunas Liberais e Clubes Swinger estarem cheios de pessoas que são consentâneas e generosas quando à sua expressão sexual, tal não significa que estejam ali disponíveis para todos e tudo o que vier. Caso não haja reciprocidade de intentos, abandone aquela pessoa e parta imediatamente para outra.

Às vezes basta um pequeno toque no ombro ou na perna e aguardar o feedback do anónimo! Se não tirar a mão, então tenho consentimento para algo mais!” conta-nos um experiente frequentador masculino das Saunas e Clubes liberais de Lisboa, muito requisitado por casais que têm gosto pelo popular “ménage-à-trois”.

Outra nota importante é relativa à aproximação a mulheres sozinhas ou casais nas Saunas Mistas, nomeadamente na SaunApolo 56.

Numa Sauna liberal, ao invés do que acontece tipicamente num clube de Casais Swinger, as mulheres e casais estão normalmente numa proporção manifestamente inferior à dos homens.

Apesar de muitos casais que frequentam as Saunas Mistas Liberais terem notoriamente fantasias de Cuckolding, de apreciarem o Voyeurismo e Exibicionismo por parte dos Homens sozinhos, o que é facto é que a abordagem a estes deverá ser sempre consentida, cautelosa e acima de tudo respeitosa do par.

Um "Não!" é não no meio Swinger.

Um “Não!” é não no meio Swinger.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION